[Pedido de um seguidor] Como é ser influencer?

Recebi uma mensagem no Instagram de uma seguidora que me sugeriu fazer um post aqui no blog me aprofundando no tema “como é ser um influenciador?”

Achei super interessante a ideia, e pensei em escrever um pouquinho não somente sobre isso, mas também sobre como tudo aconteceu para mim – de onde veio essa ideia, como transformei em realidade, etc.

A maioria de vocês sabe que antes disso eu era um piloto profissional de automobilismo. Eu comecei no kart aos 7 anos, e isso era o meu sonho de vida. Eu conquistei esse sonho, e vivi esse sonho por muitos anos. Parei de correr ano passado, aos 33 anos de idade. Durante a minha carreira, eu viajei pelo mundo todo competindo, e viajar se tornou mais do que um hábito – se tornou parte de mim.

As viagens constantes por conta das competições me trouxeram dois grandes benefícios dentro desse tema de ser um influencer:

Primeiro, me trouxe uma base interessante de seguidores do mundo inteiro no Instagram.

Segundo, durante as viagens eu mostrava os aviões, os destinos, os hotéis, os restaurantes, etc. O meu Instagram sempre foi sobre a minha vida como ela realmente é. O que mudou é que, de um ano para cá, as competições deixaram de acontecer.

Eu comecei o meu Instagram em 2012. Com o tempo, as postagens de todos esses temas fez surgir seguidores que me acompanhavam não somente pelo “Fernando piloto”, mas também pelos outros temas que eu sempre cobri.

Quando eu decidi mudar a minha vida e parar de correr no ano passado, eu sabia que perderia muitos seguidores que estavam ali somente por causa do “Fernando piloto”. Isso aconteceu mesmo, é natural. Mas eu queria preservar os outros ao máximo, e a estratégia para fazer isso foi me dedicar mais a cada tema que eu já cobria, e tentar unir todos os interesses do meu público.

Antes eu viajava e as equipes de corrida pagavam tudo. Eu substituí as equipes de corrida por parcerias com empresas aéreas, agências de viagem, promotores de turismo, etc.

Antes eu ficava em hotéis e as equipes de corrida pagavam tudo. Eu substituí as equipes de corrida por parcerias com hotéis.

Antes eu comia em restaurantes e as equipes de corrida pagavam tudo. Eu substituí as equipes de corrida por parcerias com os restaurantes.

Enfim, eu reproduzi esse modelo para cada aspecto da minha vida que eu não queria mudar: as viagens tinham que continuar, os restaurantes e hotéis também.

Afinal, o que eu queria mudar era a minha profissão. Eu não queria mais ser piloto de automobilismo, mas eu queria continuar a viajar, e comer em lugares legais, e ficar em hotéis maravilhosos. Essas outras coisas não precisavam parar também. E felizmente eu consegui fazer isso. Não foi fácil, não veio sem planejamento, esforço, dedicação… muitas horas de estresse, até discussões com quem sempre me aconselha. Mas deu certo!

Bom, agora expliquei mais ou menos de onde saiu a ideia de ser um influencer, como tirei a ideia da cabeça e transformei em realidade, e mais ou menos como isso aconteceu. Agora vamos falar do tema da pergunta da minha seguidora: como é ser um influencer?

Eu recebo muitos comentários de pessoas que só veem a parte boa das coisas – afinal, é isso que a gente posta, né? “Ah, como sua vida é perfeita! Queria ter essa vida!” Coisas assim.

Fato é que ser um influencer dá um trabalhão!

Para cada post que vai ao ar, por trás houve um tempão de planejamento. Nada é por acaso e totalmente espontâneo. Tudo é bem pensado, e nem sempre a gente sabe se o que nós imaginamos será interpretado da mesma forma pelos seguidores.

Eu precisei melhorar a qualidade das minhas fotos usando tecnologias melhores – celulares com câmeras melhores, máquinas fotográficas profissionais, e agora o drone também. Eu precisei melhorar a qualidade da minha edição das fotos – aprender sobre contraste, saturação, equilíbrio de branco, etc. Eu precisei aprender sobre que tipo de texto as pessoas leem e que tipo de texto elas ignoram. Eu precisei saber que tipo de comunicação converte em engajamento para cada tipo de parceiro. E eu precisei dedicar muitas e muitas horas, todas os dias, a ficar no Instagram mexendo e interpretando os resultados obtidos. É, de verdade, um trabalho de tempo integral.

Uma coisa da qual eu me orgulho muito é que eu fiz isso tudo sozinho, sem ajuda de nenhum serviço profissional, assessoria, agência, etc. Desde o início em 2012, eu escolhi os caminhos, aprendi com os erros, interpretei os resultados, e tracei o meu caminho. Em nenhum momento alguém interferiu nisso. O meu Instagram é a minha vida como ela realmente é, e isso eu não deixarei de fazer nunca.

Agora, eu entendo que isso não é para todos. Eu vejo muita gente tentando virar influenciador, mas dentro da rotina normal do dia a dia, com outro emprego em horário comercial, filhos, etc. Aí é muito mais difícil, e com essas condições eu não acho que eu conseguiria fazer. É uma pena que isso demande tanto tempo e dedicação, e para deslanchar precisa ser o seu foco principal mesmo. Trabalhar das 9:00 às 18:00 e postar sobre seus treinos na academia e sua alimentação não será suficiente, infelizmente. O Instagram demanda tempo, demanda atenção… tudo é feito para te viciar, te sugar para dentro do celular e não sair mais. E infelizmente, é necessário que seja assim para ter sucesso.

O algoritmo do Instagram muda a todo o momento. Isso é um inferno, é a coisa que mais atrapalha, e a que mais demanda atenção. O que você faz hoje no Instagram e dá certo, de repente amanhã, do nada, não funciona mais. Um dia você tem 100.000 pessoas que viram o seu post. No dia seguinte, somente 10.000 estão vendo. Eles mudam o tempo todo, e a intenção disso é justamente separar quem está se dedicando a interpretá-lo de quem só está usando a ferramente sem pensar. Aos poucos, vão filtrando as pessoas, tornando umas relevantes e outras irrelevantes. É totalmente injusto, não é claro, não é transparente, e não é honesto. Eles nunca falam que mudaram o algoritmo. Eles nunca falam como mudaram. Para nós, é tudo tentativa e erro, até entendermos qual mudança foi realizada. Depois que você entendeu, você tem sucesso por um tempinho, até ter que refazer tudo de novo. O medo sempre fica no ar: será que na próxima atualização eu não vou conseguir interpretar e me adaptar? É uma possibilidade.

Enfim, escrevendo aqui sobre o algoritmo eu percebi que daria para fazer um post inteiro somente sobre isso, né? Afinal, ninguém escreve sobre isso. Quem acerta, guarda o segredo. Quem erra, geralmente nem percebe que errou. Eu topo escrever sobre o meu aprendizado dessa questão, sem problemas.

Bom, obrigado pela atenção e carinho de vocês. Sintam-se à vontade para sugerir as pautas – eu quero mesmo escrever sobre o que vocês querem saber.

8 comentários sobre “[Pedido de um seguidor] Como é ser influencer?

  1. Parabéns!!! Por ir atrás e conseguir transformar em realidade o seu objetivo, tudo fruto de muito trabalho, de organização e muito stress.
    Dicas sobre o algoritmo do Instagram seria muito interessante gostaria de ler sobre isso.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adorei saber um resumo da sua história. Você está no caminho certo. Você conseguiu juntar todas suas experiências e força. O que me fez te seguir foi quando tinham fotos de fórmula 1, acho lindo pilotos terem que casar; razão, equilíbrio, positivismo, emocional, preparo físico, etc… seu carisma é grande. Não sou uma “exper” em escrever, risos… mas entendi perfeitamente sua transmissão profissionais. Enfim eu Formei em Belas Artes, trabalhei na area por uns 5 anos. Fui convidada para trabalhar no turismo e ja se vão 29 anos de experiência na área internacional e nacional. No momento novos projetos nascendo. Seguidora e sua admiradora. Sucesso sempre. Namastê 😍👏👏👏👏👏👏

    Curtido por 1 pessoa

  3. Olá Fernando, te sigo a pouco tempo e muito admiro o seu trabalho. Decidi começar a carreira no Instagram a pouco tempo e estou me dedicando totalmente a isso, e realmente não é nada fácil. Sigo por aqui e por lá lendo suas dicas, se você precisou investir em alguns cursos por favor indique aqui pra gente…

    Um grande abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s